Categoria Geral  Noticia Atualizada em   14/05/2015   às  11:09:28                   
Corintianos negam vexame e arrogncia aps sequncia invicta
Foto: www.msn.com
"Vexame não porque perdemos para uma equipe que se comportou bem, soube jogar. Estamos sujeitos a isso. Em momento nenhum fomos arrogantes. Em momento nenhum achamos que nosso time era muito superior", disse o jogador.

O Corinthians começou o ano com tudo, emplacando uma sequência de 26 jogos sem derrotas. Mas, então, caiu na semifinal do Paulista para o Palmeiras, perdeu para o São Paulo na fase de grupos da Libertadores e sucumbiu duas vezes diante do Guaraní, nas oitavas de final: o duelo de ida, no Paraguai, tinha sido 2 a 0 para o clube da casa.

"Dificil falar. Libertadores é assim: para chegar às finais, tem de jogar bem fora de casa. Não fomos bem lá, levamos dois gols e isso complica tudo. Aqui tinha pressão, não acertamos. Não adianta lamentar mais. É assimilar esse golpe e voltar bem no Brasileiro", minimizou Danilo, que entrou no segundo tempo na partida desta quarta.

"Sofremos muito com expulsões. É uma coisa que o Tite presa tanto, que é jogar limpo", reclamou Renato Augusto. No jogo de hoje, Fábio Santos foi expulso no segundo tempo.

"Terminar com 11. Nos últimos dois jogos tivemos dois expulsos. Desde o ano passado sofremos com isso, o problema não é esse", continuou, lembrando também do cartão vermelho a Emerson Sheik no duelo contra o São Paulo. O atleta, inclusive, cumpriu suspensão contra o Guaraní.

"Quem ficou no campo lutou, não é a toa que a torcida aplaudiu, mas a eliminação veio.", continuou Renato Augusto.

"Temos que trabalhar forte, passou. Não queremos perder, ser eliminado. É trabalhar forte visando a Copa do Brasil e o Brasileiro, que é um campeonato grande", finalizou Cássio.

O Corinthians agora enfrenta a Chapecoense no sábado, às 21h, em Itaquera, pelo Campeonato Brasileiro.

Fonte: www.msn.com
 
Por:  Desire Duque    |      Imprimir