Categoria Geral  Noticia Atualizada em   14/05/2015   às  11:09:28                   
Johnny Depp pode ter cachorros sacrificados na Austrlia, di
Foto: ego.globo.com
O governo australiano ameaçou nesta quinta-feira, 14, sacrificar os cães de estimação do ator Johnny Depp, Pistol e Boo, dois yorkshire terrier que o ator transportou de maneira ilegal ao país, onde está rodando o quinto filme da série "Piratas do Caribe". O Ministro da Agricultura da Austrália, Barnaby Joyce, disse ao jornal "Sydney Morning Herald" que a lei australiana obriga os cães e gatos procedentes dos Estados Unidos a passar dez dias em isolamento quando chegam ao país para evitar doenças. "Só porque ele é Johnny Depp não significa que está isento de cumprir a lei australiana", disse.

Segundo o ministro, o ator não cumpriu a lei e viajou com seus dois animais de estimação em seu jato privado, sem declarar a presença deles, até Brisbane, onde desembarcou mês passado. "Está na hora de Pistol e Boo retornarem aos Estados Unidos. Ele pode enviá-los de volta ou nós teremos que sacrificá-los", ameaçou Joyce.

O ministro explicou que a presença dos cães foi descoberta quando os animais foram vistos com um cuidador. Ele deu um ultimato a Depp de 50 horas, até o próximo sábado, 16, para que retire os animais do país.

Uma campanha online para salvar Pistol e Boo reuniu mais de 3 mil assinaturas em poucas horas, enquanto a imprensa tenta se aproximar da casa alugada por Depp na cidade de Gold Coast. "Tenha compaixão, Barnaby, não mate os cães tão lindos", afirma a petição, em um apelo direto ao ministro.
O ator ainda não fez nenhuma declaração pública sobre o assunto.
Em março, Depp teve que se afastar das gravações do longa-metragem na Austrália para passar por uma cirurgia nos Estados Unidos depois de ficar ferido em uma das mãos durante as filmagens no novo filme da franquia "Piratas do Caribe". Ele voltou ao país no dia 20 de abril para prosseguir com o trabalho.

Fonte: ego.globo.com
 
Por:  Desire Duque    |      Imprimir