315665 Noticias - Ajuste fiscal tem que comear logo, diz ministro da Fazenda  -  Ludyanna Ferreira




Categoria Geral  Noticia Atualizada em   23/02/2015   às  14:32:03                   
Ajuste fiscal tem que comear logo, diz ministro da Fazenda
O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, voltou a defender as medidas de ajuste da economia na manh desta segunda-feira, dizendo que as decises tm que ser tomadas de forma rpida para que 2016 seja um ano de crescimento.
Ajuste fiscal tem que comear logo, diz ministro da Fazenda
Foto: economia.terra.com.br
"Neste momento temos que votar o que tem que ser votado depois dos debates e discusses", afirmou Levu em palestra na Cmara de Comrcio Frana Brasil, em So Paulo.

Em uma mensagem que prega a arrumao das contas pblicas, ele comentou ainda que o fortalecimento fiscal facilitar o acesso poupana de longo prazo.

"Tenho certeza que temos capacidade de fazer reengenharia da nossa economia sem grande dificuldade."

Sobre alterao em regras trabalhistas e previdencirias, o ministro da Fazenda disse que o governo atuou onde havia distores e que as mudanas propostas visam tornar os benefcios de proteo social mais centrados no ideal do seguro e contra imprevistos.

Incentivos
A concesso de incentivos fiscais ao setor privado gera risco jurdico, disse o ministro da Fazenda durante a palestra, reforando que ajuste fiscal posto em prtica pelo governo importante para aliviar temores dos investidores. "A ideia de oferecer incentivos fiscais para empresas neste momento cria incerteza jurdica."

Desde que se assumiu a liderana da equipe econmica, Levy comeou a reverter desoneraes tributrias, que somente em 2014 atingiram R$ 104 bilhes. Uma das medidas foi o retorno da cobrana da Cide Combustvel, do PIS/Cofins sobre produtos importados e a volta da cobrana do IOF em operaes de crdito a pessoas fsicas.

Na palestra, ele indicou que as prximas medidas a serem adotadas iro abranger os tributos federais PIS e Cofins e o imposto estadual ICMS.

"Estamos com inteno de fazer ajustes comeando pelo PIS/Cofins. Estamos estudando estabelecer proposta de lei para credito financeiro do PIS/Cofins", disse Levy, sem dar mais detalhes.

"Em paralelo, h uma srie de ajustes a serem feitos na questo do ICMS com cronograma de alquotas decrescentes na origem e crescentes no destino."

Fonte: economia.terra.com.br
 
Por:  Ludyanna Ferreira    |      Imprimir